L’Arc~en~Ciel LIVE 2014 at Kokuritsu – Live Viewing em São Paulo

live report - 25.04.2014 21:01

Após quase dois anos sem shows o brilho do L'Arc~en~Ciel voltou a iluminar o palco do Estádio Nacional em Tóquio e também a tela do cinema em São Paulo.

No primeiro mês de 2014 a banda L’Arc~en~Ciel anunciou sua primeira série de shows depois de cerca de dois anos sem atividades, o que deixou fãs do mundo inteiro animados. Os shows realizados nos dias 21 e 22 de março no Estádio Nacional, mais conhecido como Kokuritsu, atraíram admiradores de todo o Japão. Foi o último show de uma banda de rock no estádio antes dele ser fechado para reformas em preparação às Olimpíadas de 2020, e os fãs estrangeiros não ficaram de fora desse momento especial. No dia 23 de março o segundo show foi exibido em salas de cinema do Reino Unido, França, Estados Unidos, México, Hong Kong, Taiwan e também no Brasil. O live viewing, organizado pela Live Viewing Japan e a WPLive, aconteceu durante a manhã no Espaço Itaú de Cinema do Shopping Frei Caneca, na região da Av. Paulista, em São Paulo. Porém, o horário atípico para uma sessão de cinema não desencorajou os fãs, que chegaram poucos minutos antes do início fervilhando de ansiedade. Logo os mais de 160 fãs formaram uma longa fila para entrar na sala, conversando animadamente sobre suas expectativas sobre o show que começaria em breve.

Assim que todos tomaram seus lugares, as luzes da sala se apagaram e na tela surgiu o logo do LIVE 2014 at Kokuritsu do L'Arc~en~Ciel: a chama Olímpica nas cores do arco-íris. Todos no cinema soltaram uma exclamação excitada. A imagem do logo foi então substituída pela imagem dos fãs na plateia do Kokuritsu e em breve uma música de fundo começou juntamente com um curto vídeo introdutório. Versões em traço anime de hyde, tetsuya, ken e yukihiro surgiram nos telões ao lado do palco. No vídeo eles eram plugados numa espécie de máquina que os fazia tomar vida. Jatos de fumaça começaram a sair do palco e os fãs perguntavam-se como seria a grande entrada dos membros do L'Arc~en~Ciel. E, como sempre, a banda não decepcionou nesse quesito.

Do chão do palco montado no Kokuritsu surgiram quatro capsulas cinzas de aspecto futurístico e uma delas estava amassada. A primeira capsula a se abrir revelou o baterista yukihiro vestido de forma monocromática e estampada, com mangas bufantes e faixa no cabelo, que estava enfeitado com um aplique loiro. Sem delongas, ele saiu da capsula e tomou sua posição atrás da bateria. Em seguida a capsula amassada abriu mostrando o guitarrista ken de óculos escuros e um longo casaco listrado em preto e branco. Ele também seguiu até sua posição no palco sob os gritos dos fãs. A próxima capsula a se abrir foi a de tetsuya, que fez os fãs, principalmente os do cinema que ainda não haviam visto as fotos dos shows, soltarem uma forte exclamação de surpresa ao ver seu cabelo pintado de verde e raspado em um dos lados. Ele vestia calça jeans, botas, um longo casaco avermelhado e um lenço rosa de caveiras, além de óculos escuros. Assim que o baixista seguiu de encontro ao seu instrumento a última capsula se abriu, revelando hyde; o vocalista usava roupas com muitas camadas esvoaçantes, colares e brincos. Além disso, ele escondia seu cabelo e seu rosto debaixo de lenços rendados, deixando somente seus olhos marcados de maquiagem à vista, tornando sua aparência misteriosa e um tanto mística.

Enquanto o vocalista ainda permanecia dentro da capsula, sons eletrônicos invadiram os ouvidos dos fãs. Era a introdução de CHASE, um dos singles mais recentes do L'Arc~en~Ciel. hyde deixou sua capsula ao começar a cantar os primeiros versos da música, e imediatamente os membros começaram a circular o palco. Este foi montado em um dos lados do campo do Kokuritsu, possuindo uma área central onde a banda se concentrava, e uma passarela oval que permitia que os membros circulassem e pudessem interagir com fãs de todos os lados, inclusive os que estavam atrás do palco. Ele estava equipado com vários telões e luzes de LED no formato de colunas greco-romanas com a chama olímpica do logo dos shows em cima, que remetiam às ilustrações olímpicas nas paredes do estádio e eram de encher os olhos de admiração. Bem acima da parte central do palco havia um letreiro, também em LED, com o nome da banda que mudava de cor e piscava de acordo com o ritmo de cada música. A canção de forte batida eletrônica fez os fãs do cinema cantarem junto, animados em assistir uma apresentação inédita da banda.

Os sons eletrônicos no fim de CHASE mesclaram-se com os da introdução da próxima canção, uma favorita dos fãs, SEVENTH HEAVEN. Os fãs no cinema dançavam em seus assentos e cantavam alto, enquanto o vocalista e o guitarrista andavam animadamente pelo corredor oval do palco. ken, assim como no show inteiro, tocava sua guitarra de forma extremamente alegre, batendo os pés no chão, dançando e brincando com os fãs de todos os lados da plateia. No verso "under your feet" hyde apontou para o chão e os fãs o imitaram. Batidas pontuadas de bateria e a chamada do vocalista para os fãs no Kokuritsu foram o indício de que a próxima canção seria REVELATION. A cada batida dupla da bateria, acompanhada pelos instrumentos de ken e tetsuya, os fãs tanto no Estádio Nacional quanto no cinema gritavam "ei!" e socavam o ar. hyde, agora livre do lenço que cobria seu rosto, cantava os versos de modo grave. yukihiro acertava suas baquetas na bateria com força e concentração, tirando o fôlego de quem ouvia.

A guitarra dedilhada de ken deu início à próxima música: GOOD LUCK MY WAY na qual o vocalista segurou o suporte de seu microfone acima do ombro, que mais parecia um mastro carregando uma bandeira com um L desenhado. hyde desfilou para todos os lados exibindo o símbolo do L'Arc~en~Ciel e dançava, deixando-se levar pelo ritmo animado e rápido da canção. tetsuya improvisava suas linhas de baixo, girava e pulava com seu instrumento. Todos no palco pareciam muito à vontade, o que deixou os fãs alegres. Quando a última nota da guitarra de ken sumiu no ar todos gritaram satisfeitos.

Imagens áreas mostravam o cenário urbano por trás do estádio e, aos poucos, todos ficaram incrivelmente silenciosos. Os membros pareciam esperar e, para a surpresa geral, hyde, agora também livre do lenço que cobria seu cabelos cheios de trancinhas e apliques, começou a cantar os primeiros versos da música seguinte, BLESS, à cappella. Os fãs prenderam a respiração enquanto o assistiam cantar cada palavra maravilhosamente. Após dois anos em plena atividade em seu projeto paralelo, que traz à tona um lado muito mais agressivo e áspero de sua voz, podia-se imaginar que ele traria fortes resquícios disso para o show no Kokuritsu, porém a voz de hyde soou limpa e potente. Os outros instrumentos e a orquestra gravada logo se juntaram ao vocalista. BLESS, composta originalmente para ser a canção tema da cobertura da NHK dos Jogos Olímpicos de 2010 em Vancouver, pareceu ressoar ainda melhor num ambiente verdadeiramente olímpico. Os fãs no cinema cantaram juntos emocionados com a letra sobre superação e companheirismo e balançaram seus braços no ar.

Após um breve MC, hyde pegou sua guitarra. Era o momento para mais uma das muitas favoritas dos fãs: HONEY. Todos no cinema cantavam cada verso da canção com muita empolgação. ken fazia o vocal de apoio, enquanto produzia riffs animados e balançava seu corpo livremente. Durante o solo de guitarra virou-se para hyde que devolveu o gesto e os dois tocaram suas guitarras de frente para o outro. Durante a canção hyde constantemente tentava ajeitar a manga de seu casaco, que parecia atrapalhar e prender nas cordas da guitarra enquanto ele tocava.

winter fall e NEXUS 4 foram músicas onde os membros aproveitaram para passear novamente pela passarela em torno do palco. hyde apontava para as câmeras e para os fãs na plateia, brincando e provocando todos, mostrando seu bom humor. ken não deixava de dançar em nenhum minuto, mostrando passos que os fãs ainda não conheciam, pois arrancava muitos risos dos presentes no cinema. tetsuya também mostrava sua animação, circulando o palco e fazendo o vocal de apoio. Frequentemente ele dava seus famosos pulos e giros no palco. yukihiro brilhou em READY STEADY GO, uma canção que se torna ainda mais veloz e impactante ao vivo. Ao ouvir o sempre presente grito de "are you fucking ready?" de hyde todos soltaram uma alta exclamação, pois sabiam que uma ótima canção começaria. O baterista parecia ter passado o tempo de inatividade da banda treinando, pois suas batidas pareciam ainda mais rápidas; era quase impossível ver os movimentos de suas baquetas nas caixas e surdos. Ao fim da canção os membros deixaram o palco, com exceção de yukihiro, que realizou um breve, porém estrondoso, solo de bateria.

Assim que o último membro deixou o palco, as atenções dos fãs voltaram para os telões. Como é de tradição nos shows da banda, era o momento dos fãs assistirem aos comerciais dos produtos à venda nos estandes do show, que dessa vez foram produtos feitos por cada um dos membros. O primeiro foi o produto de yukihiro, uma garrafa térmica feita em colaboração com Doara, o mascote do time de baseball Nagoya Dragons, do qual o baterista parece gostar muito. No comercial o mascote busca por yukihiro sem sucesso enquanto os dois trocam mensagens. O vídeo arrancou muitos "aaaaw!"s dos presentes no Kokuritsu e no cinema, graças ao mascote fofo.

As sete pulseiras elásticas de ken foram as próximas. Neste comercial os fãs assistiram divertidos como as pulseiras davam poderes incríveis aos lutares de braço de ferro. O comercial seguinte foi o que mais arrancou risadas. O vídeo começou mostrando uma série de itens de aparência séria, como ternos, relógios e óculos pretos, e então as armas d'água no formato de Mukimpo, personagem criado por tetsuya, que é uma banana. O comercial revelou que os itens alinhados pertenciam a dois homens que faziam parte da organização ultrassecreta MKP, fazendo uma clara referência à organização MIB do filme “Homens de Preto”, inclusive na aparência dos agentes, que lembravam os personagens de Tommy Lee Jones e Will Smith. Os agentes, em vez de armas de tecnologia futurística e alienígena, usavam as armas d'água Mukimpo. Isso foi o suficiente para arrancar risos e elogios dos fãs pela criatividade, mas o que veio a seguir fez todos rirem histericamente. Os agentes usavam ternos pretos combinados com... tutus de bailarina e meia calça rosa! A imagem inesperada dos dois agentes dançando, sendo que um deles estava com suas partes íntimas expostas (e devidamente censuradas por mosaicos), fez os fãs caírem na gargalhada. O último comercial foi o da camisa de estampa de caveira desenhada por hyde. No vídeo uma dançarina girava velozmente na pista de gelo, como se a camisa que ela estava vestindo houvesse lhe dado poderes sobrenaturais.

Foi então o momento para mais um vídeo, dessa vez com um ar muito mais institucional. Uma mulher, com aparência e atitude de âncora de jornal, pedia para que todos vestissem os L'ponchos, capas que foram distribuídas para todos os presentes no Kokuritsu junto com as pulseiras L'ED. Os fãs estavam curiosos para saber qual era o propósito dos itens, mas logo descobriram o porquê: as luzes do local se apagaram e a plateia do Kokuritsu se tornou um grande telão. Os L'ponchos foram usados como plano de fundo para uma projeção mapeada de modelagem 3D que usou mais de 100 projetores. O efeito visual foi maravilhoso e deixou os fãs de queixo caído. A projeção brincou com sons e imagens abstratas, até que a atenção pareceu focar-se num ponto diretamente à frente do palco, mas mais próximo ao pé da arquibancada. Lá havia sido montado um subpalco e agora ele estava sendo envolvido numa grande bolha de plástico. A projeção fez um caminho de luz entre o palco menor e a tocha olímpica do Kokuritsu, que ficava logo acima. A luz virou um grande raio que explodiu a bolha de plástico e revelou os membros debaixo dela. Nesse momento os fãs também descobriram que os L'EDs em seus pulsos acendiam, mudavam de cor e piscavam.

metropolis foi a primeira canção apresentada no subpalco. A canção de letra e ritmo eróticos, combinada com os milhares de L'EDs acesos nos pulsos dos presentes no Kokuritsu, deixou os fãs no cinema hipnotizados. Ao fim dela, foi o momento para mais um MC. O vocalista comentou sobre a linda imagem que as luzes dos L'EDs dos fãs produziam. hyde estava com uma espécie de bastão de luz na mão e demonstrou que cada vez que ele o balançava no ar, as cores dos LEDs nos pulsos dos fãs mudavam. “É por isso que os ingressos foram tão caros”, ele brincou.

O show teve continuidade, ainda no subpalco, com mirai sekai, uma música lenta e suave como uma canção de ninar, que contou com tetsuya trocando seu baixo por um contrabaixo rosa, no qual ele solou brilhantemente. A projeção na plateia mostrava estrelas e golfinhos, que brincavam em cima dos fãs como se estivessem num mar de água doce. A última canção a ser realizada no subpalco foi um dos pontos altos da apresentação: a versão acústica de kasou. A versão unplugged da canção contou com um ritmo mais lento, uma ótima performance vocal de hyde e ken dedilhando maravilhosamente no violão, como se estivesse em transe. Após isso os membros deixaram o subpalco sob os aplausos e gritos dos fãs e, enquanto voltavam ao palco principal, deixaram os espectadores com mais uma projeção na plateia. Dessa vez o Kokuritsu tornou-se o fundo do mar, com baleias e orcas nadando sobre as pessoas e os efeitos sonoros que fez todos sentirem-se submergidos.

Os fãs somente notaram que os membros haviam retornado ao palco quando ken deu início a um suave solo de guitarra, seguindo o clima de fundo do mar, que logo transformou-se na introdução de MY HEART DRAWS A DREAM. A canção, que para os fãs brasileiros tornou-se um hino sobre o sonho de receber a banda no país, emocionou quem estava no cinema. Todos balançavam os braços no ar no ritmo da música, acompanhando o movimento dos fãs no Kokuritsu, e mostravam que sabiam a letra de cor, cantando em uníssono o verso "yume wo egakuyo" quando a banda deu a deixa.

Durante a próxima canção, the Fourth Avenue Cafe, todos os L'EDs nos pulsos da plateia do Kokuritsu apagaram, exceto por os de alguns sortudos estrategicamente posicionados na arquibancada, que formaram um "L'Arc~en~Ciel" de luz. Todos no cinema batiam palmas e cantavam com a canção animada. O palco ficou tomado por uma luz lilás durante X X X, uma canção do álbum mais recente da banda, BUTTERFLY, que se torna ainda mais incrível ao vivo, com sua mistura de pop e rock sensuais, e as camadas de sons de orquestra. Mais duas canções do mesmo álbum deram continuidade ao show: shade of season, que foi assistida ao vivo pela primeira vez por fãs internacionais, e DRINK IT DOWN, que fez os fãs soltarem uma forte exclamação logo de início. A canção pesada e obscura fez os fãs brasileiros liberarem um lado um pouco mais selvagem dentro de si, batendo cabeça e deixando-se levar pelos riffs poderosos e batida intensa. hyde cantava com a voz grave e rasgada e contorcia-se através do palco.

Quando as luzes do palco se apagaram, as do cinema se acenderam. Uma mensagem na tela explicou que, por motivos de direitos autorais, a próxima canção, EVERLASTING, música inédita da banda, não pôde ser exibida. Os fãs sentiram-se um pouco decepcionados, mas o sentimento não durou muito: a produtora brasileira resolveu aproveitar o momento para realizar o sorteio de alguns brindes e ingressos para futuros live viewings. Além disso, os fãs foram instruídos a aceder as telas e lanternas de seus celulares, formando um enorme L no cinema, para que a produtora pudesse tirar uma linda foto como lembrança da exibição. Dessa forma os minutos passaram depressa, e o vídeo voltou a ser exibido. Nos primeiros segundos não havia som, somente a imagem da banda no palco, com ken tocando violão, o que surpreendeu os fãs. Quando o áudio voltou e todos reconheceram as notas de BLAME houve uma grande comoção. A canção do álbum Tierra, o segundo a ser lançado na carreira do L'Arc~en~Ciel, é raramente tocada ao vivo e surpreendeu por estar presente no repertório.

Ao fim da canção, foi o momento para mais um MC, dessa vez protagonizado por ken. O guitarrista é famoso por suas piadas sujas e de duplo sentido, e não falhou em fazer os fãs darem muita risada com sua fala. Em um momento em particular ele pareceu consciente sobre isso, e perguntou aos fãs: "Vocês querem ouvir coisas normais ou coisas sujas?". A resposta dos fãs, e de hyde, foi bem clara: "Sujas!". O guitarrista então começou a falar sobre o amor de yukihiro por superfícies com cantos pontudos e comentou que sempre que vê o baterista observando esses ângulos retos tem a sensação de que ele está olhando para uma mulher bonita. A revelação fez todos rirem enquanto yukihiro tentava se esconder atrás de sua bateria. hyde agachou no chão ao lado da caixa de som, rindo incontrolavelmente. Quando todos pareciam ter recuperado o fôlego, ken deu a deixa para mais uma canção: Caress of Venus. Mais uma música animada e querida dos fãs, que fez todos pularem e dançarem.

Em seguida, sons de um motor de carro sendo ferozmente acelerado e labaredas de fogo em torno do palco deram início a Driver's High. hyde, ken e tetsuya corriam em torno do palco, atiçando os fãs por todos os lados. Todos, inclusive no cinema, socavam o ar e gritavam "flash!" e "clash!" nos momentos certeiros. Os membros pareciam de muito bom humor, e em um momento ken esgueirou-se atrás de hyde e cutucou o vocalista por trás, que pareceu muito surpreso. hyde confundiu a letra no fim do refrão duas vezes, sorrindo travesso para os fãs sempre que isso acontecia e fazendo todos rirem com ele. Os fãs, por outro lado, tinham a letra muito bem memorizada e cantaram em uníssono quando o vocalista afastou o microfone de si e deu a deixa. Labaredas de fogo também emergiam em torno da área central da plateia.

A bateria e o baixo característicos de LINK animaram a todos logo de início. A música tema do primeiro filme do anime "FullMetal Alchemist" fez todos baterem palma com o ritmo, cantarem e pularem em seus assentos. No meio da canção a banda fez uma pausa, onde foi a vez de tetsuya conversar um pouco com os fãs. "Genki? O genki? Wasshoi!", o baixista gritava e todos respondiam. Ele comentou sobre o quão linda a plateia estava, com as luzes dos L'EDs piscando em diversas cores. tetsuya olhou para a câmera e perguntou se todos no cinema estavam o assistindo, o que fez os fãs brasileiros soltarem uma exclamação. Divertido, eles perguntou à plateia do Kokuritsu se eles queriam ouvir o resto de LINK e a resposta foi, é claro, positiva. A música prosseguiu a todo vapor, com hyde mandando que todos pulassem e ken dançando com a guitarra nas mãos.

No último MC da noite hyde revelou que a banda se sentia honrada por poder tocar no Estádio Nacional mais uma vez antes dele ser fechado para reformas, e também revelou a vontade deles de tocar novamente no Kokuritsu após sua "transformação". "Quando eu vejo esse magnífico espetáculo penso o quão maravilhosa essa banda é. Eu percebi isso novamente. Por favor, nos acompanhem". E assim a última canção da noite, anata, começou. A música de melodia suave, mas intensa em sentimentos fez todos no cinema levantarem de seus assentos e erguerem os braços e as luzes dos celulares. No Kokuritsu, o palco contava com um globo de luz que brilhava intensamente e a plateia parecia refletir o céu estrelado. Com o avançar da canção, os L'EDs acenderam nas cores do arco-íris assim como os LEDs em torno do palco, fazendo do estádio um mar de cores que balançavam-se suavemente de um lado para o outro. hyde deixou que os fãs cantassem, e todos pareceram tornam-se um só, seja em Tóquio ou em São Paulo. hyde e tetsuya cantaram junto aos fãs, mesmo que sem os microfones. A sensação era que o L'Arc~en~Ciel havia unido a alma de todos, transbordando o interior de cada um com bons sentimentos.

Ao fim, bexigas coloridas foram liberadas do estádio e uma chuva de fogos de artifício cobriu os céus acima do Kokuritsu. hyde agradeceu a todos e deixou o palco, seguido por ken e yukihiro. tetsuya permaneceu por mais alguns minutos, dando duas voltas em torno da passarela do palco para distribuir bananas, suas Mukimpo, para os fãs com uma cestinha. Ele também aproveitava para brincar com os fãs próximos ao palco e usar suas armas d'água para molhar a plateia. Ao chegar no centro do palco novamente, o líder do L'Arc~en~Ciel gritou "até mais!" no microfone, e também deixou o palco.

Porém, para a surpresa de todos, a banda tinha alguns anúncios a fazer: a nova canção, EVERLASTING será lançada como single em 13 de agosto e possuirá uma versão especial limitada em memória ao último show da banda no Kokuritsu. O show também será lançado em Blu-ray e DVD no outono japonês, e em dezembro a turnê mundial realizada em 2012 virará um documentário para o cinema. Os fãs puderam assistir a uma prévia do documentário intitulado DOCUMENTARY FILMS ~WORLD TOUR 2012~. Após isso a frase "THANX! SEE YOU NEXT!" tomou conta dos telões, trazendo o show, e a exibição, ao fim. É necessário ressaltar a qualidade da transmissão realizada via satélite, num link direto do Japão ao Brasil. Em nenhum momento houve falhas de sons ou vídeo, e a sensação era que se estava assistindo a um show gravado em alta qualidade.

Os fãs deixaram a sala de cinema e formaram mais uma longa fila, dessa vez para assinar o cartaz que a Live Viewing Japan disponibilizou para que todos pudessem deixar uma mensagem para a banda. O número de mensagens foi tão grande que foi preciso usar um pôster com uma foto da banda para que todos pudessem ter a oportunidade de escrever. Os cartazes rapidamente se encheram de agradecimentos, desenhos, adesivos e, é claro, muitos pedidos para que a banda venha ao Brasil. Em seguida todos se reuniram e tiraram uma última foto ao lado dos cartazes preenchidos. Todos pareceram voltar para casa sorrindo satisfeitos e com a esperança de ver muito mais do brilho do L'Arc~en~Ciel no futuro.

Set list:
01. CHASE
02. SEVENTH HEAVEN
03. REVELATION
04. GOOD LUCK MY WAY
05. BLESS
06. HONEY
07. winter fall
08. NEXUS 4
09. READY STEADY GO
10. metropolis
11. mirai sekai
12. kasou
13. MY HEART DRAWS A DREAM
14. the Fourth Avenue Cafe
15. X X X
16. shade of season
17. DRINK IT DOWN
18. EVERLASTING
19. Blame
20. Caress of Venus
21. Driver’s High
22. Link
23. anata

O JaME gostaria de agradecer à WelcomePro por tornar este live report possível.
artistas relacionados
concertos e eventos relacionados
L'Arc~en~Ciel 23/03

L'Arc~en~Ciel  
Sao Paulo - Brazil
Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca
comentários
blog comments powered by Disqus
temas relacionados

J-Music no Brasil

galeria relacionada
propagandas
  • Radio AniMiX
  • SYNC NETWORK JAPAN
  • Chaotic Harmony
  • euroWH