ONE OK ROCK em São Paulo

live report - 03.10.2017 00:26

A banda voltou ao Brasil após três anos e fez um show inesquecível em São Paulo.

Após quase três anos de espera, o ONE OK ROCK retornou ao Brasil para um show da ONE OK ROCK AMBITIONS WORLD TOUR 2017, turnê de divulgação do seu último álbum, AMBITIONS. O show ocorreu no mesmo local que o anterior, o Cine Joia em São Paulo e, repetindo o sucesso, a casa estava lotada de fãs ansiosos.

Para quem estava esperando algum tipo de introdução, pode esquecer, uma vez que o show já começou explosivo ao som de Bombs Away, seguida por Taking Off, ambas cantadas pelo público com muito entusiasmo.

Clock Strikes, música do álbum Jinsei x Boku = de 2013, quebrou a sequência de músicas novas. Os fãs cantaram em uníssono e empolgado, Taka puxou um longo coro de “oh oh oh”.

Retornando às músicas do novo álbum, Bedroom Warfare contou com solos marcantes de Ryota e Toru. Bon Voyage foi apresentada em sua versão japonesa e começou com uma sequência de passos coreografados e bate cabeça de Ryota, Taka e Toru, empolgando o público a fazer o mesmo.

I was King foi uma das músicas mais esperadas da noite. Os fãs cantaram a canção inteira em voz alta e Taka deixou que todos cantassem sozinhos o trecho “When I go down, I go down fighting / I go down, down like fighting” para entrar no final, nas notas mais altas. Muito satisfeito com o resultado, Taka tirou alguns minutos para conversar com o público.

Ele agradeceu por todos estarem ali para vê-los após tanto tempo desde o último show. Disse que se sentia muito mais à vontade agora, sendo esta sua segunda vez no Brasil. Antes de começar a próxima música, ele perguntou rindo se alguém do público iria se casar desta vez, referindo-se ao pedido de casamento que ocorreu no último show. Como não houve nenhuma manifestação, o vocalista perguntou se o casal já tinha se casado e, em meio a gritos, deu início a uma versão acústica de Wherever you are, somente com a presença de Toru. Ao final da música, Taka e Toru sentaram no palco e fizeram uma pausa, ouvindo a plateia gritar o nome da banda. Taka agradeceu modificando um trecho da música e cantando “kokoro kara aishiteruyo”, que significa “amo vocês do fundo do coração”, emocionando a todos, e deixou o público cantar o refrão da música sozinho. “Lindo!” ele disse e finalizou em meio a aplausos e gritos.

Seguiu-se então um dos momentos mais incríveis do show. Take what you want iniciou-se com uma introdução acústica e uma pausa de um minuto de silêncio que a banda vem fazendo em homenagem a Chester, vocalista do Linkin Park que faleceu em julho deste ano. Infelizmente, nem todos os fãs entenderam a que se referia este silêncio. Taka seguiu a música quase a capella, mostrando sua incrível extensão vocal. Após muitas palmas e gritos, a música seguiu em sua versão original. Em um dado momento, Taka virou o pedestal do microfone para a plateia e pediu para que todos fizessem o coro de “ohh” por algum tempo, enquanto fingia que regia o público. O vocalista agradeceu satisfeito e finalizou a música, deixando o palco. Ryota tirou a camisa e deu início a uma apresentação instrumental, que contou com solos de bateria, guitarra e baixo. O público acompanhou com palmas e gritos.

Taka retornou e iniciou The Beginning, música que ficou famosa por ter sido encerramento do primeiro filme live action do anime Rurouni Kenshin, estrelado por Takeru Sato, que é amigo do vocalista. Jaded veio a seguir, com todo o público pulando junto com a banda e cantando “Jaded, what you thinking / Faded all the time”. Taka finalizou dizendo o quanto todos foram incríveis.

Em Mighty Long Fall, encerramento do segundo filme live action de Rurouni Kenshin, o vocalista dividiu o público em dois, formando um corredor e, quando a música explodiu, ele fez um movimento para que todos pulassem juntos, fazendo com que os dois lados se chocassem como uma onda.

Para finalizar a setlist principal, Taka pediu para que todos cantassem a próxima música o mais alto que pudessem e prometeu voltar ao Brasil quando as turnês terminarem. We Are foi, então, cantada do jeito que ele pediu. Público e banda formando uma só voz. Ao fim, todos deixaram o palco agradecendo.

A banda retornou para o encore, vestindo camisas da seleção brasileira com seus nomes nas costas. American Girls foi apresentada com muito entusiasmo da banda e do público, Taka até modificou uma parte para “Come and break my heart, Brazilian Girls”, levando todos à loucura. Durante a música, ele pegou uma bandeira que mostrava metade da bandeira do Brasil e do Japão e o nome do ONE OK ROCK no meio, assinada e feita pelos fãs.

Quando todos pensavam que o show havia terminado, Taka perguntou se queriam mais e ameaçou sair do palco se todos não gritassem alto. Satisfeitos, a banda deu início a Kanzen Kankoku Dreamer, para surpresa de todos! A música pertence ao álbum Niche Syndrome e foi uma das aberturas do anime Bleach. Para encerrar, a banda tirou uma foto com o público e a bandeira, agradecendo a todos pela presença.

A banda deixou o Brasil com mais um show incrível e inesquecível para todos. Agora, os fãs brasileiros ficam aguardando que a banda cumpra a promessa e retorne o mais rápido possível.


© JulenPhoto

Setlist:
1. Bombs Away
2. Taking Off
3. Clock Strikes
4. Bedroom Warfare
5. Bon Voyage
6. I was King
7. Wherever you are
8. Take what you want
9. The Beginning
10. Jaded
11. Mighty Long Fall
12. We Are

Encore:
13. American Girls
14. Kanzen Kankoku Dreamer
artistas relacionados
concertos e eventos relacionados
ONE OK ROCK 29/09

ONE OK ROCK
Sao Paolo - Brazil
Cine Jóia
comentários
blog comments powered by Disqus
temas relacionados

J-Music no Brasil

galeria relacionada
propagandas
  • Radio AniMiX