Entrevista com MIYAVI em São Paulo

entrevista - 06.06.2018 21:01

O artista falou um pouco sobre o quão importante para ele é se desafiar em coisas novas, as expectativas para a turnê latino-americana e sobre os fãs brasileiros.

O JaME, em parceria com o Live Japan Music, teve a oportunidade de conversar rapidamente com MIYAVI um pouco antes de sua quarta apresentação no Brasil. O artista falou um pouco sobre o quão importante para ele é se desafiar em coisas novas, as expectativas para a turnê latino-americana e sobre os fãs brasileiros.


Desde a sua última vinda ao Brasil, em 2011, nós podemos notar várias mudanças no seu estilo, tanto na música quanto no visual. Como artista, quão importante essas mudanças são pra você e como os seus fãs as recebem?

MIYAVI: Pessoalmente, como artista e como ser humano, me sinto muito feliz em poder continuar me desafiando, porque uma vez que você se satisfaz, acabou. Está feito! Então eu acho ótimo que posso continuar me desafiando em coisas novas e isso é o que eu quero fazer até o momento da minha morte. Eu acho que essa é uma vida feliz. Eu quero mostrar esse novo cenário, algo novo... Eu acho que é um pouco complicado para os fãs ver coisas diferentes vindas de artistas que eles apoiam, mas eu tenho muita sorte em poder me desafiar e então, poder compartilhar com meus fãs o que eu crio. Também é minha responsabilidade. Isso é muito, muito importante. Às vezes eu posso não fazer o que os meus fãs querem ouvir, vocês sabem, mas também é minha responsabilidade continuar me desafiando e então poder levar meus fãs a algum lugar novo.

No seu último lançamento, SAMURAI SESSIONS vol.2, você fez parcerias com grandes artistas. Como você escolheu estas parcerias?

MIYAVI: Pessoas com boas vibrações! (risos) Eu também gostaria de trabalhar com artistas da América Latina, vocalistas americanos, pessoas legais, brasileiros, rappers...

Foi surpreendente porque seu álbum tem artistas de gêneros variados e isso é muito legal.

MIYAVI: Eu já comecei a trabalhar com outros cantores americanos. Desta vez, nós nos focamos no mercado japonês, então há ótimos artistas e muita dedicação. Eles se dedicaram tanto e eu fiquei muito feliz. Nós também tivemos química na nossa criação. Então, foi divertido ver nossa química na parceria, algo que nem eu esperava. Foi um processo muito, muito divertido para mim.

Tem algum artista que você gostaria de trabalhar e que ainda não teve oportunidade?

MIYAVI: Sim... Madonna, Lenny Kravitz, Prince, Michael Jackson... Eu adoraria…

Você conhece algum artista ou música sul-americana?

MIYAVI: Hmm... (pensa um pouco antes de responder) A música da América Latina está se tornando cada vez maior. Tem aquela música em espanhol com o Justin Bieber (tenta lembrar)... Despacito! Graças à tecnologia, muitas pessoas podem acessar vários tipos de música de diferentes áreas.

É por isso também que os fãs daqui conseguem conhecer a sua música.

MIYAVI: O Brasil... A América Latina é muito musical. As pessoas amam música. As pessoas amam a batida. As pessoas amam dançar. As pessoas amam passar o tempo juntas. Isso é muito, muito... como eu posso dizer... instintivo. Então, como um artista é uma honra estar aqui. Quero dizer, eu adoraria trabalhar com algum artista latino-americano.

Os fãs brasileiros são muito conhecidos por serem muito calorosos, receptivos e ativos nas mídias sociais. Depois de todas as suas vindas ao Brasil, o que você acha dos seus fãs brasileiros?

MIYAVI: Selvagens! (risos) Ousados e muito, muito compassivos. Sempre que eu venho aqui eu recebo a energia. Na primeira vez que vim, eu mal podia ouvir com tanto amor. Eu amo muito a energia de todos.

Você está sempre nos surpreendendo como artista, seja fazendo música ou atuando. Quais seus próximos projetos e desafios?

MIYAVI: Sim, eu estou me desafiando em algo agora, mas não posso dizer... É por isso que as pessoas se surpreendem! (risos)

E quais as suas expectativas sobre a turnê latino-americana que começa hoje?

MIYAVI: Obviamente aqui é longe do Japão. Na verdade, agora eu estou me mudando para os EUA e mesmo mais perto, ainda não é fácil vir aqui. Desde a última vez que nos apresentamos, nós temos tentado vir, mas a hora não era boa. Apenas não aconteceu. Mesmo desta vez, nós não estávamos planejando shows na América Latina. Nós apenas fizemos o anúncio desta turnê mundial, incluindo o Japão, Ásia, Europa e EUA, foi isso. Fizemos o anúncio e os fãs latino-americanos disseram “Venha! Venha para a América Latina!” (risos) A questão é que não podemos agendar shows, porque não sabemos como conseguir os vistos, como conseguir uma casa de show como esta... Nós não temos ideia! Nós precisamos de apoio local e desta vez, graças aos meus fãs começarem a pedir por empresas locais, nós conseguimos alguém e os membros e minha agenda estavam ok. Nós tivemos que refazer a agenda para encaixar os shows da América Latina, então estes shows foram meus fãs que fizeram acontecer. Não fui eu ou minha equipe, foram os fãs que fizeram isso acontecer! Então, eu estou muito feliz de estar aqui!

Alguns dos seus fãs não puderam vir hoje por causa de alguns problemas políticos que nosso país está passando. Você está sabendo da greve?

MIYAVI: Não!

Nós não temos combustível pra vender em boa parte do país.

MIYAVI: Como assim? (surpreso)

Sim, por causa disso, muitos transportes públicos não estão funcionando e aeroportos também cancelaram voos. Assim, muitos fãs não conseguiram vir ao show de hoje. Você teria alguma mensagem para eles?

MIYAVI: É um problema político, certo? É triste ouvir isso... Mas a questão é que assim como vocês fizeram este show acontecer desta vez, isso significa que vocês podem fazer acontecer mais uma vez. Eu apenas faço o meu melhor, não importando a situação, eu faço o meu melhor. Então, eu quero que os meus fãs também façam o seu melhor em qualquer situação, não apenas nesse problema da greve, mas em suas vidas. É para isso fazemos música. É por isso que eu subo no palco para tocar. Então, eu espero que eles sintam que estamos fazendo música, que estamos tocando, que estamos nos apresentando, que estamos enviando nossa mensagem para todo o mundo daqui, do Brasil... Eu espero que a música alcance cada um deles que não puderam vir. Eu adoraria vê-los na próxima vez.

O JaME agradece ao Live Japan Music pela parceria e à MIYAVI e à J-glam por tornar esta entrevista possível.
itens relacionados
artistas relacionados
concertos e eventos relacionados
MIYAVI 26/05

MIYAVI
Sao Paulo - Brazil
Carioca Club
comentários
blog comments powered by Disqus
temas relacionados

J-Music no Brasil

propagandas
  • euroWH
  • Chaotic Harmony
  • Radio AniMiX